Óleo Bagaçu

image1 (1)

 

 

 

O Babaçu é o fruto de uma palmeira nativa da região norte do Brasil e que apresenta em seu interior várias sementes ou amêndoas de onde é extraído o Óleo de Coco Babaçu.

 

 

image2 (1)

 

 

O babaçu é uma cultura extrativista, não havendo plantações comerciais. Do fruto apenas 6 a 8% são sementes. Destas sementes são extraídos de 65 a 68% de um óleo de cor branca a levemente amarelada. Esta cor vai depender da temperatura, pois o

Óleo de Coco Babaçu apresenta-se como uma gordura à temperatura ambiente. O óleo de Coco babaçu apresenta odor e sabor suave característico. O Óleo de Coco Babaçu é muito utilizado para fins alimentícios e na fabricação de margarinas. Este óleo apresenta propriedades semelhantes ao óleo de dendê (ou palma), apresentando alto teor de ácido láurico.

 

 

image6

 

 

O Óleo de Coco Babaçu tem várias aplicações, dentre as quais podemos destacar: indústria cosmética, alimentícia, sabões, sabão de coco, detergentes, lubrificantes, entre outras.

De todos os óleos vegetais de uso industrial o óleo de coco babaçu tem o mais alto índice de saponificação e o mais baixo valor de iodo e refração, o que o qualifica para o preparo de pomadas cremosas.

 

 

image3 (1)

 

 

A grande vantagem dos óleos de palmiste, babaçu e macaúba é custarem metade do preço do óleo de coco da praia e darem o mesmo resultado, pois possuem o mesmo teor do ácido láurico, princípio ativo que emagrece, aumenta a imunidade, reduz inflamações, abaixa o colesterol e combate infecções. Propriedades terapêuticas dos óleos láuricos:

Uso interno (1 colher de sopa, 2-3 vezes ao dia):

1. Reduz inflamações (artrite, artrose, reumatismo, etc).

2. Combate cândida e outros fungos.

3. Combate bactérias e vírus como H. pylori, bactéria causadora da gastrite, e os vírus do herpes, ou Epstein-bar causador do câncer de laringe).

4. Melhora o funcionamento da tireoide, ajudando principalmente no hipotireoidismo.

5. Emagrece, por ser a única gordura não estocada no corpo, ativando também o metabolismo e induzindo à queima de gordura.

6. Aumenta a imunidade, por induzir à medula óssea a formar mais linfócitos (células de defesa).

7. Aumenta a longevidade, por ser uma gordura que não oxida fácil e previne o envelhecimento precoce.

8. Se for usado o palmiste refinado, não deixa gosto na comida e substitui os óleos de cozinha (soja, girassol, canola, algodão, milho).

 

image4 (1)

 

 

Uso externo:

1. Previne rugas por sua ação antioxidante de outras gorduras.

2. Previne estrias se usado localmente e diariamente por grávidas.

3. Hidrata e mantém os cabelos sedosos (uso de algumas gotas nas mãos ou 1 tampa em 100 gramas de creme).

4. Excelente em massagens terapêuticas e também na hidratação pós banho.

Você sabia que a antiga gordura de coco vendida no Brasil e comprada pelos nossos avós era óleo de palmiste e babaçu?

 

 

image5

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *