O que você conhece sobre as cores na decoração da sua casa?

 

cartela cores

 

De acordo com a psicologia da cor, as cores podem ser caracterizadas como “quentes” ou “frias”. Esta distinção é importante porque cores quentes funcionam melhor em alguns ambientes, e cores frias funcionam melhor em outros. Na minha experiência, pude comprovar que a teoria se confirma na pratica!
Veja algumas dicas de cores e ambientes antes de decidir pintar as paredes…

 

Cores quentes
 – As cores quentes como laranja, vermelho e amarelo transmitem calor e vigor aos ambientes, além de estimular o otimismo, a generosidade e o apetite. Por isso, recomenda-se usá-las na cozinha, por exemplo. Para iluminar e aquecer o ambiente da sala de estar, nada como mesclar o trio branco, preto e cinzento com uma pitada de amarelo, trazendo um estilo mais contemporâneo. O uso de espelhos favorece a multiplicação da luz, tornando o ambiente mais vibrante e trazendo uma sensação de amplitude. Porém, por serem cores estimulantes, a utilização em quartos deve ser cuidadosa, pois podem prejudicar o sono e o descanso.

 

Cores frias
 – Cores mais frias ampliam o ambiente. Os tons de azul e verde transmitem frescor, esperança e tranquilidade, além de proporcionarem um ar mais leve e jovem. Em uma cozinha para um casal jovem, por exemplo, pode-se mesclar detalhes na decoração em azul-marinho e verde cítrico. Já as paredes transmitem leveza com uma tonalidade de azul claro. As cores Verde e Lilás em listras de diversas espessuras já podem ser utilizadas em um quarto infantil.

 

Cores claras
 – As cores claras também deixam os espaços mais amplos e leves. Para dar a sensação de amplitude no ambiente, prefira sempre os tons mais suaves e pastéis. As cores escuras, se aplicadas em todas as paredes, reduzem os espaços. (Um detalhe importante é ter o teto sempre com o tom mais claro que as paredes). Toques coloridos, flores de tonalidades marcantes podem complementar a composição.

 

Otimize a sua cor
 – Em todos os casos, um dos segredos para destacar as cores é a iluminação. Vale ressaltar que a utilização de muitas cores alegres e vibrantes juntas pode causar confusão. E nem sempre um tom escuro poderá “fechar” ou escurecer um ambiente, tudo dependerá do restante das cores usadas nos mobiliários, adornos em geral, incidência de luz natural e metragem do ambiente .