Criolipólise

Ativar Poderes: Congela!!!
Adeus Gordura?
Saiba mais.
1
Mais novo método dermatológico para eliminar gordura localizada sem cirurgias, a criolipólise parece que veio para resolver todos os problemas. O tratamento não é nada invasivo e elimina a gordura localizada por resfriamento.
2
“O número de células adiposas no nosso organismo em geral não varia. Quando engordamos, as células gordurosas ou adipócitos aumentam de tamanho e quando emagrecemos, elas diminuem. Nos procedimentos onde os adipócitos são removidos (lipoaspiração) ou destruídos (criolipólise), a gordura desta área tende a não voltar e se o paciente ganha peso, as outras áreas ficarão mais intumescidas, levando a um aspecto ondulado e desnivelado próximo à área tratada”, explica a fisioterapeuta Dermato funcional, Lucely Lustre, do Espaço Lucely Lustre.
3
O tratamento é feito com um aparelho chamado que apresenta uma ponteira acoplada à região que se pretende diminuir a área de gordura. A paciente fica por cerca de uma hora com esta ponteira, que atinge uma temperatura em torno de 2°C, cristalizando as células gordurosas do local. Após três semanas elas morrem e são eliminadas através da urina e das fezes. Em geral são indicadas de uma a duas sessões com intervalos de dois a três meses.
4
A recuperação também é tranquila, apenas algumas mulheres sentem alteração de sensibilidade local e um desconforto por algumas semanas. Entre seis e oito semanas aparecem os primeiros resultados, mas as células de gordura continuam a ser eliminadas por até quatro meses após o procedimento, dependendo do organismo de cada paciente. A modelagem só será mantida se a paciente não aumentar seu peso corporal.
5
6
7
8
9
10
Portanto, para quem tem o corpo sempre em dia e apenas não está contente com alguma gordurinha sobrando, é uma boa opção. “O método é indicado para pessoas saudáveis e que realmente precisem perder uma área pequena de gordura localizada. Aquelas que estão dentro de uma faixa de peso ideal, que se exercitem e que apesar de uma dieta saudável e dos exercícios, mantêm pequenas áreas de gordura localizada. Grávidas e pessoas com urticária ao frio não podem se submeter a este tratamento, ou que tenham lesões de pele no local a ser tratado”, orienta Lucely.
11
Por isso procure sempre um profissional capacitado e especialista no procedimento, assim como eu! Frequento e indico o Espaço Lucely Lustre que é a clinica oficial com os cuidados de beleza da Fabi. Em breve mais dicas pra vocês Bonitas! Beijos!
12

A técnica da criolipólise

Xô Gordurinhas!

Jogue a primeira pedra qual a mulher que nunca ficou desesperada com aqueles pneuzinhos?! Sempre existem as gordurinhas em locais difíceis, onde odiamos, não é mesmo?!

Quando chega ao mercado um novo procedimento para eliminar esse pesadelo, logo ficamos antenadas e procuramos saber se funciona!!

primeira foto maria

A bola da vez é a criolipólise!! Você já deve ter ouvido falar muito sobre a técnica. Até programas de televisão, já mostraram as vantagens e também, gente que se deu muito mal, por não ficar de olho se o profissional era realmente qualificado para realizar o procedimento.

Mas para você que quer aderir essa novidade, o Maria Bonita Moema tem uma equipe de ponta para realizar ” o milagre” sem riscos de queimaduras e outros problemas.

pneuzinhos

Desenvolvida por pesquisadores nos Estados Unidos, a criolipólise usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O aparelho é colocado na superfície da pele, e as células de gordura são congeladas e destruídas.

O tratamento de beleza tem feito muito sucesso no Brasil. Vale lembrar que a criolipólise não é para quem tem sobrepeso ou obesidade. A técnica é indicada para gordura localizada em algumas regiões do corpo. Os resultados são vistos logo na primeira sessão.

congelamento

Para surpresa da mulherada, o procedimento promete diminuir de 20% a 25% da gordurinha. O Maria Bonita Moema, selecionou profissionais qualificados para atender as clientes que desejam um resultado gratificante, sem entrar numa fria.

O Maria Bonita Moema, deixa uma dica…. “Para manter o corpinho em dia mesmo com a criolipólise, é importante manter a atividade física e a uma alimentação saudável”.

resultado

VEM BONITA! VEM MARIA BONITA !

http://www.mariabonitamoema.com.br/

@mariabonitamoema

https://www.facebook.com/mariabonitamoema

 

Elisângela Carreira.

Glúten e lactose: tirá-los da dieta enxuga as medidas?

3

Muitas famosas cortaram o glúten e a lactose do cardápio, mas será mesmo que eles nossos inimigos? Foto: Sheila Oliveira e Empório Fotográfico

Muitas famosas cortaram o glúten e a lactose do cardápio, mas será mesmo que eles nossos inimigos?
Foto: Sheila Oliveira e Empório Fotográfico

image5

image6

Quando percebe alguma gordurinha na região da cintura, a atriz Letícia Spiller, risca da dieta alimentos com glúten e lactose. Em poucos dias, o abdômen desinfla e o extra vai embora. Juliana Paes cortou o glúten para voltar à forma depois do nascimento do primeiro filho, Pedro. Giovanna Antonelli faz o mesmo: controla o consumo de glúten para manter em dia a elegância. Luciana Gimenez afirma ter recuperado as medidas após a gravidez de Lorenzo, seu segundo filho, adivinhe como? Tirando o glúten.

Repudiados publicamente por mulheres lindas e admiradas, o glúten e, em segundo plano, a lactose viraram nos últimos meses os grandes inimigos de quem quer manter a linha. Será que a fama é justa? BOA FORMA ouviu especialistas para investigar se vale a pena você fazer o mesmo – e se o resultado será tão visível quanto o das celebridades.
 
A vida sem pão
O glúten é uma proteína presente no trigo, no centeio, na cevada e na aveia (em menor quantidade). É ele que confere aquela consistência fofa aos produtos industrializados, sendo usado especialmente em pães, bolos e massas. Alimentos tão diferentes como cerveja, requeijão e sorvete também podem conter glúten. Com base nisso, é possível pensar que, sim, ao suprimi-lo da dieta – e, por tabela, excluir itens calóricos, como a macarronada do domingo e o pão francês do café da manhã – você emagrece naturalmente. Mas a questão não é simples assim, já que, em termos de troca calórica, o pão sem glúten, à base de fécula de batata ou polvilho, praticamente empata com o tradicional. 
 
Então, como as celebridades perdem peso ao retirar essa substância do cardápio? “Apesar de o Brasil ter poucas pesquisas sobre glúten, sabe-se que boa parte da população tem alguma dificuldade com ele”, informa a médica nutróloga Samantha Enande, de São Paulo. Essa proteína pode não ser absorvida pelo organismo, causando distensão abdominal e desconforto. Também é responsável por desacelerar o metabolismo, já que demora mais para ser processada. É por isso que, sem ela, a tendência é desinchar e reduzir medidas. “A simples subtração do glúten pode render 3 quilos a menos em três meses”, calcula Samantha. Porém, passado esse período, o organismo se habitua à nova situação. De qualquer maneira, passar um tempinho sem pão e massa funciona como um pontapé inicial para um corpo mais enxuto. Faça o teste: tire esses alimentos do cardápio por 30 dias e observe a resposta do seu corpo. 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Só para lembrar: a obesidade é um processo inflamatório do organismo com múltiplas causas. “Quem tem um alto consumo de uma proteína difícil de ser digerida, como o glúten, está arriscado a desencadear uma inflamação nas paredes do intestino e, com isso, comprometer a absorção de micronutrientes importantes”, explica a nutricionista Denise Madi Carreiro, autora do livro Alimentação, Problema e Solução para Doenças Crônicas (editora da autora). O excesso de peso pode ser associado, por exemplo, à carência de ômega 3, vitaminas e minerais, e não ao excesso deles. “A retirada do glúten do cardápio equilibra o organismo especialmente de pessoas sensíveis a ele. Isso diminui os processos inflamatórios, melhorando a absorção dos micronutrientes, o que abre caminho para a perda de peso”, diz Denise.

image1

Desvantagens
Tem gente que engorda quando corta o glúten, portanto, cuidado! “Se a pessoa não tiver intolerância e suprimir o glúten para perder peso, pode sentir mais fome e comer em excesso”, alerta Samantha Enande, que acompanhou experiências assim na clínica médica. “Nesse caso, o jeito é devolver o glúten à dieta para garantir a saciedade. Mas é importante dar preferência à versão integral e, para que a perda de peso aconteça, deve ser combinado com fontes de proteína magra (peixe, frango, ovo) e de gordura boa (azeite extravirgem, castanhas, sementes de chia e linhaça) em proporções adequadas.” Outro problema: alimentos sem glúten costumam custar até o dobro de seus similares tradicionais, além de serem calóricos. 
 
Vai ser bom para você?
Depende. Segundo Samantha, a resposta é boa na maioria dos casos, com perda de medidas, o que mostra a existência de algum grau de intolerância ao glúten. 
Pessoas com sensibilidade leve podem, ainda, experimentar a sensação de bem-estar e disposição. A memória e o raciocínio também podem ser beneficiados, já que a dificuldade para 
processar o glúten consome muito oxigênio. E, sem essa fonte de stress para o organismo, são comuns os relatos de melhora na atuação do cérebro. “Do ponto de vista da fisiologia, tirar o glúten não faz mal, mas é preciso cuidado com o que se põe no lugar”, avisa Denise. “Os carboidratos dos pães e das massas são fontes imprescindíveis de energia e, caso tenham que ser suspensos, devem ser substituídos por alimentos variados, com um bom valor nutricional e com as calorias próximas às do trigo, como tapioca, farinha de arroz, araruta, fécula de batata, polvilhos doce e azedo, milho, mandioca e trigo-sarraceno.
 
Alergia é o mesmo que intolerância?
São duas situações diferentes. Fala-se em alergia quando a reação adversa a um alimento desencadeia um mecanismo imunológico. “As reações podem ser leves, como uma coceira na pele, ou graves, como o choque anafilático, em que a vida é colocada em risco”, explica a médica especializada em alergias Loraine Landgraf, de Curitiba. Pode ser desencadeada por vários alimentos, porém os mais comuns são: leite de vaca, ovo, trigo, peixe e crustáceo. Para reverter o quadro alérgico, além de medicamentos específicos, é essencial suspender o consumo do alimento desencadeante. Menos grave, a intolerância provoca mal-estar, desconforto, gases e distensão abdominal e pode ser tratada apenas com ajustes na alimentação.
 
Glúten de jeito nenhum! 
Outra história é a doença celíaca, uma doença autoimune, desencadeada pelo glúten, que altera profundamente a textura da parede intestinal, prejudicando a absorção dos nutrientes. “A mucosa do intestino, que deveria ser enrugadinha, fica praticamente lisa ou atrofiada no grau quatro da doença, o mais avançado. E, com isso, a absorção dos macro e micronutrientes fica prejudicada”, explica Loraine Landgraf, médica especialista em alergia e imunologia, de Curitiba, diretora da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai), regional Paraná. Resultado: a pessoa não ganha peso e tem sintomas como diarreias frequentes, inchaço abdominal e gases. A biópsia de intestino é o teste que confirma com 100% de certeza o diagnóstico da doença celíaca. Há ainda um exame de sangue que rastreia a presença de três anticorpos relacionados à doença. 
 
A vida sem leite 
Mesmo quem ama esse alimento e acha difícil viver sem ele deve prestar atenção nos sinais do organismo. Segundo a Associação Americana de Gastroenterologia e Nutrição, 85% da população adulta tem algum grau de intolerante à lactose, o açúcar do leite. “Não fomos feitos para consumir leite após os primeiros anos de vida”, afirma a médica Loraine Landgraf. A produção de lactase, enzima responsável pela quebra desse açúcar, diminui com os anos e, sem ela, a lactose, mal digerida, provoca distensão abdominal, retenção de líquido e sensação de estufamento – que diminui muito quando se tira o leite do dia a dia. “Não é garantia de que haverá perda de peso”, explica Loraine. “O que ocorre é que o organismo elimina melhor as toxinas. Com isso, a pessoa desincha e tem a sensação de o corpo ficar mais sequinho. Cortar o leite pode melhorar até o aspecto da celulite.” 
 
Também no caso do leite não resolve trocar o integral pelo desnatado, pois o que se retira dele é a gordura, e não o açúcar. Se for impossível renunciar a esse alimento, então é melhor você buscar um tipo de leite sem lactose. E os derivados? Queijo e iogurte contêm muito menos lactose, e a maioria das pessoas intolerantes a ela consegue consumi-los, segundo o professor e especialista em nutrição canadense Joe Schwarcz, autor do livro Uma Maçã por Dia – Mitos e Verdades sobre os Alimentos que Comemos (Zahar). De qualquer maneira, é bom fazer um teste: cortar até os derivados por um tempo (de 20 a 30 dias) e, quando voltar a incluí-los no cardápio, observe como seu organismo reage. 
 
Desvantagens
Embora a natureza seja pródiga em fontes de cálcio, como as folhas verde-escuras e as leguminosas, Loraine Landgraf recomenda para casos de intolerância a suplementação via oral, associada a uma dose de vitamina D, responsável por conduzir o cálcio para dentro dos ossos. Já a nutricionista Denise Madi defende que o consumo regular de legumes, verduras, cereais integrais e sementes (incluindo quinua, amaranto e gergelim) garante um aporte de cálcio de excelente absorção. Isso porque esses alimentos contêm minerais e vitaminas em proporções adequadas para agir em parceria com o cálcio. “O ideal é comer legumes e verduras no almoço e no jantar todos os dias, além de cinco ou seis porções de frutas (uma a cada duas horas e meia)”, orienta a nutricionista. 
 
Vai ser bom para você?
Quando os sintomas são muito acentuados, vale a pena você se submeter a um exame de sangue que detecte a intolerância à lactose. Consiste em três coletas 
intervaladas de sangue: a primeira em jejum e as demais após o consumo de leite. “Mede-se a glicemia, isto é, o açúcar no sangue. Se aumentar, é porque o organismo digeriu a lactose. Se não, está caracterizada a intolerância”, explica Loraine.

O papel dos androgênios e seus efeitos no organismo

Bom dia pessoal!

 

Tenho recebido pacientes com algumas das queixas abaixo e,  por isso, achei importante falar  um pouquinho com vocês sobre o papel dos androgênios e seus efeitos no organismo. Vamos lá!

 

Consequências dos Androgênios quando estão em EXCESSO:

. Queda capilar ou afinamentos dos fios 

.  Acne

.  Estrias

.  Hirsutismo (pelos grossos e pigmentados em locais onde deveriam ser finos como por exemplo buço, queixo, aréola e etc)

.  Seborreia ou dermatite seborreica ( pele e couro cabeludo) 

.  Oleosidade excessiva da pele e couro cabeludo 

. Hiperplasia prostática benigna

 

 

Os androgênios (hormônios sexuais) desempenham inúmeras funções importantes para nosso organismo. Testosterona, DHT, SDHEA, DHEA, androstenediona são alguns exemplos. Por isso, pedimos esse hormônios ao pesquisar diversas patologias, incluindo causas de queda capilar.

 

Produzido tanto pelos homens quanto pelas mulheres, o que os diferenciam são seus níveis e funções mais específicas no homem ou mulher. Em geral, são responsáveis pelo desenvolvimento de características sexuais após puberdade como pelos pubianos, axilares, estímulo da glândula sebácea (oleosidade), libido, precursores de outros hormônios (estrógenos) e aumento de massa muscular.

Os androgênios não fogem a regra de outros hormônios. O benefício ocorre quando há equilíbrio.

 

Tanto a falta quanto o excesso leva ao desequilíbrio metabólico e inúmeros efeitos colaterais não desejáveis (descritos acima)

 

Aliás, o que tenho percebido da vida é que tudo para ser ótimo deve ser equilibrado. Trabalho, lazer, sono, alimentação e até mesmo a água quando ingerida em excesso, tem seus prejuízos. Portanto, rotular algo como bom ou ruim é uma metodologia muito simplista a meu ver. Depende da indicação, contra indicações, risco-benefício, quantidade, frequência e etc. Pensem nisso!

Esse raciocínio é bastante útil quando se pretende fazer reposição hormonal de qualquer origem com o objetivo de anticoncepção, menopausa, andropausa, infertilidade, osteoporose, longevidade ou ganho de massa.

 

Não subestimem seus riscos. É necessário acompanhamento de um bom médico e,  juntos, médico e paciente irão entrar em conclusão, pois é necessário discutir prós e contra, entender as expectativas do paciente, deixá-lo ciente de tudo antes de iniciar um tratamento hormonal

 

Por exemplo, se você deseja ganho de massa (ficar bombadão rs), pense muito bem a forma como irá fazê-lo.

 

Não é preferível uma abordagem mais fisiológica(natural), menos agressiva e de forma progressiva ?! Um acompanhamento com uma nutricionista funcional para lhe indicar a melhor forma para chegar ao resultado que deseja naturalmente com o auxílio de uma alimentação adequada associada aos uso de suplementos, fitoterápicos e vitaminas específicos para seu caso, em particular?!

 

Bom, você poderia argumentar? Ahh nãoooo, demora demaaaais ou é muito mais difícil fazer assim. Só lembro de um amigo dizendo: Desconfio sempre quando me falam “Fique tranquilo, isso é fácil”. O  que nessa vida é fácil?!

 

Tudo que é bom, é de difícil êxito e com o nosso corpo não é diferente. Ou vai preferir, administrar a maior dose de Testosterona para ter resultados rápidos e fáceis? Bom, é uma opção. Temos o livro arbítrio. :) Muitos vão preferir perder a saúde ou desenvolver uma série de efeitos colaterais para conseguir o melhor resultado, em menor tempo possível. :( Uma pena, não é mesmo?!

 

 

#acabeleiraagradece

 

 

 

assinatura_email_2

Cuidado, a gordura da lipoaspiração apenas transfere de uma região pra outra! Entendam….

lipoaspiração3

Para que a lipo não seja em vão, muito cuidado,  porque quando fazemos uma lipoaspiração por exemplo no abdomem, destruimos os adipócitos que são onde a gordura é armazenada, se após a lipo continuarmos ingerindo grandes quantidades de calorias essa gordura proveniente da alimentação se fixará em outra área que geralmente será a região da profundeza do abdomem, passando assim a formar a gordura visceral, a mais perigosa de todas, aumentando muito o risco de sofrer doenças cardiovasculares, além de ficar com uma barriga inchada e dura.

Foi feito um estudo (USP) com 36 mulheres que fizeram lipo e após 60 dias metade delas começaram a se exercitar e a outra metade continuaram sedentárias, ou seja, as que não soaram a camisa 6 meses após a cirurgia reconquistaram uma boa parte da gordura retirada. Um fator importante para todos saberem é que quando é retirado subitamente um estoque de gordura o organismo lança mão de alguns artifícios para repô-la depressa (com a destruição dos adipócitos, menos leptina é gerada, assim o hipotálamo manda o corpo economizar energia, ou seja, há uma diminuição brusca do metabolismo após uma lipoaspiração.

Conclusão, se optar por fazer uma lipoaspiração, entenda esses mecanismos citados e tem que continuar economizando ingestão de calorias e soando a camisa para aumentar o metabolismo. Não existe milagre!!!

Beijos

Sucos Detox para o Carnaval!

Para ajudar na limpeza do organismo e eliminar as gordurinhas indesejadas, a chefe Lourdes Bottura do Grupo badebec criou três receitas de sucos que convencem no sabor e na função Detox, que é sua aliada para uma barriga sequinha e muita disposição no Carnaval. Os sucos podem ser ingeridos como primeira refeição do dia, antes dos exercícios físicos ou para refrescar e se hidratar. Confira as receitas:

ImageProxy (15)

PERA COM LARANJA E GENGIBRE

Ingredientes
– 01 pera sem casca e sem sementes
– 200 ml de laranja
– ½ colher de chá de gengibre ralado
– 01 xícara de gelo
– Opcional: 01 colher de chá de açúcar

Preparo
Coloque no liquidificador a pera, o suco de laranja e o gengibre e bata bem. Junte o gelo e o açúcar e bata até triturar completamente o gelo.

Benefícios
O suco é muito refrescante, rico em vitaminas, fósforo, potássio, cálcio e fibras solúveis, por isso, é ótimo para quem quer perder peso, o gengibre possui diversas propriedades terapêuticas, sendo anti-inflamatório e excelente para o sistema digestivo.

FRUTAS VERMELHAS COM MELÃO

Ingredientes
– 01 xícara de chá de acerola
– 04 xícaras de chá de melancia em cubos, sem sementes
– 01 xícara de chá de melão em cubos
– ½ xícara de amoras
– 01 xícara de chá de gelo
– Opcional: 02 colheres de chá de açúcar 

Preparo
Coloque no liquidificador a acerola, a melancia, o melão e as amoras e bata bem.  Junte o gelo e o açúcar e bata até triturar completamente. Coe em peneira fina e sirva.

Benefícios
Ele é um poderoso desintoxicante, além dos flavonoides, é rico também em vitaminas C e E o que aumentam seu poder antioxidante, relacionado também ao combate ao envelhecimento precoce.

foto 3

SUCO REFRESCANTE DE MAÇÃ E SALSÃO

Ingredientes
– 01 maçã sem casca e sementes, cortada em cubos
– ½ xícara de chá de salsão cortado em cubos
– 250 ml de água de coco
– 50 ml de suco de limão
– 01 xícara de chá de gelo
– Opcional: 01 colher de sopa rasa de açúcar

Preparo
Coloque no liquidificador a maçã, o salsão, a água de coco e o suco de limão e bata bem. Acrescente o gelo e bata para incorporar todos os ingredientes. Sirva em taças decoradas com um talo de salsão.

foto 2Benefícios

Esse suco é um ótimo remédio caseiro para emagrecer. Ele é muito rico em pectina, um tipo de fibra que forma um gel no estômago, diminuindo e controlando o apetite. Além deste efeito, a pectina também regula o trânsito intestinal, ajudando o organismo a libertar toxinas.

Descoloração dos pelos do corpo‏!

Existem mulheres que têm muitos pelos nos braços e isto faz com que tenham complexos em mostrar os seus braços. Mas isso é inevitável no verão com o calor, por essa razão mostramos-lhe alguns remédios para descolorar os pelos se não quiser fazer a depilação a laser e assim disfarçar os pelos. As zonas que se aconselham descolorar são os antebraços e as pernas. Os seus resultados são mais eficazes se o pelo for fino e não muito abundante. Deve ter em conta que não deve descolorar nenhuma zona que esteja irritada ou tenha lesões cutâneas.

 

foto 1

 

 

Água oxigenada

A água oxigenada, serve para aclarar o pelo de forma natural embora não seja de forma permanente. Consiste em aplicar um pouco de água oxigenada e pôr-se um pouco ao sol.

 

Produto descolorante

O produto descolorante pode ser comprado em qualquer farmácia, perfumaria ou estabelecimento comercial de beleza. Este produto consiste em duas garrafas: a primeira contém água oxigenada e a segunda um pó descolorante. Além disso contém uma espátula e um recipiente pequeno. Os passos a seguir são os seguintes:

1. Limpar a parte que se quer descolorar com uma esponja, água e sabão.

2. Misturar as duas garrafas do produto seguindo as instruções.

3. Aplicar a mistura obtida sobre a pele com a espátula e esperar o tempo necessário e indicado nas instruções.

4. Ir observando a intensidade da descoloração e quando esta estiver no ponto desejado, retirar a mistura com a ajuda da espátula e depois com água.

5. Hidratar a pele para que não fique seca com um creme aplicando uma massagem ligeira.

 

foto 3

Remédio caseiro

Consiste em preparar o produto descolorante para o pelo em casa (que se pode conseguir nas farmácias, perfumarias ou lojas de beleza). É necessário água oxigenada em creme e pó descolorante (que pode encontrar nas farmácias). Misture ambos os produtos num recipiente e mexa com uma espátula de madeira até obter uma mistura homogênea. Quando a mistura estiver pronta aplique uma pequena porção numa superfície da sua pele para comprovar se é alérgica ao tratamento. Se não aparecer nenhuma comichão nem vermelhidão, pode continuar aplicando a mistura na zona desejada deixando atuar durante 15 minutos e depois limpe com água abundante.

 

bronzebonitoverao

A lingerie ideal. Aprenda a valorizar seu corpo com as peças certas!!!

Sempre pensamos na hora de comprar uma roupa no caimento que ela tem, mas muitas vezes nos esquecemos de lembrar disso na hora de comprar a lingerie. E se a lingerie não for adequada não existe roupa que caia bem! Por isso escolher lingerie é tão importante quanto escolher a roupa.

 

ImageProxy (6)

 

Pra saber se a lingerie vai cair bem em você, o correto é experimentar. Principalmente sutiãs e corpetes, evite comprar essas peças de olho, pois cada modelo tem um efeito sob o seu corpo.

 

ImageProxy

 

 

Na hora de saber o que valoriza sempre temos dúvidas, mas algumas dicas podem ajudar:

 

Sutiãs

Pra seios pequenos

 

Escolha os modelos com bolhas internas ou bojo para aumentar o volume. Os com bolhas empurram os seios pra cima e dão a impressão de serem mais volumosos.

 

ImageProxy (1)

 

 

 

ImageProxy (2)

 

 

Pra seios separados

A melhor maneira de unir os seios é usando aqueles sutiãs que possuem regulagem frontal ou os nadadores que tem abotoamento na frente. Os sutiãs em forma de triangulo e com fechamento na frente também aproximam os seios, inclusive os tops e sutiãs que são nadadores ou frente única também unem os seios dando um colo mais bonito, promove o mesmo efeito que uma blusa frente única.

 

ImageProxy (3)

 

ImageProxy (4)

 

 

ImageProxy (5)

 

 

Para seios fartos

Atenção ao tamanho. Observe se os seus seios se encaixam perfeitamente no interior do sutiã e dê preferência aos que possuem aro, lateral maior e alças mais largas para dar sustentação. Aposte em modelos sem bojo e sem bolha para não acrescentar mais volume a região.

 

ImageProxy (7)

 

 

ImageProxy (8)

 

 

Para seios caídos

Para erguer os seios o sutiã deve ter aro e um bojo ou bolha, não precisa ser nada exagerado um bojo fino e uma bolha pequena, as alças devem estar bem reguladas e justas. Assim os seios pareceram mais erguidos.

 

ImageProxy (9)

 

ImageProxy (10)

 

 

Calcinhas

Pra quem tem pouco bumbum

Hoje em dia já existe calcinha com bojo para aumentar o volume, mas ele acaba assim que tirar a roupa não é mesmo. Agora se quiser causar a ilusão de ter mais bumbum quando estiver só de lingerie, aposte nas calcinhas que são menores atrás, com o formado de aza delta, esse modelo mostra mais a região e valoriza o bumbum. outra dica é comprar calcinhas que são franzidinhas atrás também realçam a região.

 

ImageProxy (11)

 

ImageProxy (12)

 

ImageProxy (13)

 

 

Pra quem tem muito bumbum

Cuidado com costura, elas podem marcar e cortar a pele e acabar dividindo o bumbum em várias partes. Valorize os com calcinhas de renda com um bom recorte atrás ou use os modelos shortinhos feitos de meia, que abraçam a forma e não marcam.

 

ImageProxy (14)

ImageProxy (15)

 

Pra quem tem o culote

Essa gordurinha na lateral sempre acaba pulando na lingerie, pra isso não acontecer, escolha modelos que sejam de regular na lateral ou que tenham a lateral mais larga, isso evita que ela corte e destaque o culote.

 

 

ImageProxy (16)

 

ImageProxy (17)

 

 

Pra disfarçar a barriguinha

Uma boa opção são as calcinhas mais altas que seguram e até comprimem o abdômen. Dê preferência às sem costura , as de tule ou as de renda. Elas não apertam e não marcam como as outras.

 

ImageProxy (18)

Método Ravenna – você já ouviu falar? Saiba mais sobre este recurso que vem ganhando cada vez mais novos adeptos que buscam a perda efetiva de peso.

foto

 

Método Ravenna é um tratamento multidisciplinar de emagrecimento criado, em 1991, em Buenos Aires, pelo médico e terapeuta argentino Dr. Máximo Ravenna.
Em 2009, a terapia de redução de peso, então presente na Argentina, Uruguai e Espanha, também chegou ao Brasil, quando foi inaugurado o Centro Terapêutico Máximo Ravenna Salvador, na Bahia, tendo à frente a paciente e empresária Moema Soares, que perdeu, em 2007, 47 quilos em sete meses, submetendo-se ao Método na Argentina.

Tamanho foi o sucesso do Método Ravenna na Bahia que, em 2010, mais uma clínica foi inaugurada, desta vez em São Paulo. Dois anos depois, no final de 2012, foi a vez de Brasília ganhar uma Clínica Ravenna. Hoje são três clínicas brasileiras e cerca de 10 mil pacientes tratados.

 

 

foto

 

Desde que chegou ao Brasil, o Método Ravenna virou referência em emagrecimento saudável, com reduções de peso de mais 30 quilos por meio de uma terapia que envolve tratamento médico, nutricional, psicológico, além de atividade física adaptada.

Cada dia mais respeitado, o Método Ravenna traz uma nova visão sobre o tratamento da obesidade, ao considerar a subjetividade dos seus pacientes, propondo uma nova forma de se comportar diante da comida.

Método Ravenna transforma a crença na impossibilidade de redução de peso, baseando-se na forca de vontade do paciente. É um tratamento baseado em um controle de medidas, resgate de rituais durante as refeições e resgate do foco em si mesmo. Ao invés de apenas chegar no peso ideal, o Método propõe que se chegue a um equilíbrio ideal e, para isso, oferece o apoio terapêutico dentro da sua proposta.

 

Mais informações acesse o site:

www.maximoravenna.com.br

 

Saiba como desintoxicar o corpo depois dos exageros das festas de fim de ano!

2014 já está aí e, para muita gente, o que ficou de 2013 foram os quilinhos a mais ou mesmo o mal estar causado pelos exageros na comida e bebida durante as festas de final de ano. E como a equipe da BandNews não deixa os ouvintes desamparados, a gente conversou com a nutricionista Eda Maria Scur, para dar algumas dicas do que fazer para reparar os estragos. A primeira dica para desintoxicar o corpo dos exageros é tomar muita água e sucos verdes.

foto 1

 

 

Os sucos verdes podem ser feitos com um vegetal como a couve, acelga ou o agrião, combinados com gengibre ou uma fruta como abacaxi, mamão ou a maçã, tudo batido com água ou água de coco. Passada esta etapa de recuperação dos estragos do fim de ano, a nutricionista também dá dicas para quem quer perder os quilinhos a mais, conquistados com tanto prazer. Eda Scur diz que o primeiro passo é definir objetivos possíveis de serem cumpridos.

foto 4

 

Além daquelas dicas que todo munda já sabe, como cortar da dieta os chocolates, refrigerantes e outras comidas muito gordurosas ou com muito açúcar, a nutricionista sugere mudanças de hábitos.

foto 2A dica principal então é ter equilíbrio na alimentação para garantir um ano mais leve.

foto 3